“Não vou dizer que sou um excelente presidente”,

de Jair Bolsonaro, diante das confusões de logística para distribuir a vacina do Instituto Butantan.

Ano XIX - 21 de janeiro de 2021

 

Micro e pequenas
As medidas de auxílio a empresa chegaram ao fim, mas a pandemia, não. Após meses de baixa na inadimplência como resultado de acesso ao crédito e diferimento de impostos, as empresas começam a receber a fatura da crise em um ambiente economicamente ainda afetado pelo coronavírus. A expectativa dos economistas é que as dívidas em atraso ou débito em aberto cresçam mais entre micro e pequenas empresas, principalmente nos segmentos de comércio e serviços, que dependem mais da movimentação de pessoas. Pesquisa do Sebrae mostra que, em novembro, 68% dos pequenos negócios do país tinham dívidas em aberto ou contas em atraso. Os débitos incluem bancos, impostos e taxas, aluguel, fornecedores de matéria-prima e serviços.

É ele!
Nesse episódio de atraso de insumos da China para a manutenção do programa de vacina no Brasil e a atitude da Índia de barrar o país da lista dos que importarão sua vacina há uma grande dose de culpa do desempenho anêmico e até provocador do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Agora, Rodrigo Maia está entrando no circuito com o embaixador da China Yang Wanming para liberar insumos.

Internado
O empresário Luciano Hang está internado num dos hospitais da Prevent Senior com covid-19. Também sua mulher Andrea Hang e sua mãe Regina Hang, de 82 anos, estão igualmente internadas.

Vacinação
As 4,5 milhões de doses já distribuídas às unidades da federação devem ser aplicadas em dois ou três dias, o que a China demorou três semanas para fazer, o Estados Unidos um mês e Reino Unido, 40 dias. O Canadá não atingiu um milhão de vacinados, a Argentina nem 250 mil e o Chile ainda luta para chegar aos 100 mil. Israel, menor que Sergipe atingiu esta semana 2,5 milhões de doses aplicadas e lidera o índice per capita.

Esperto
Enquanto briga com Bolsonaro, o governador de São Paulo, João Doria, evita explicações sobre a explosão de casos de covid em São Paulo e a defesa do “passa-moleque” de seu aumento de impostos em plena pandemia.

Fama especial
Morreu na semana passada na Flórida, onde vivia, o fotógrafo brasileiro Augusto Valentin, dois meses antes de completar 100 anos. Trabalhou para o Globo, mas ficou famoso fotografando as “certinhas do Lalau”, famosa lista de mulheres escolhidas por Sérgio Porto, o Stanislaw Ponte Preta e publicadas em sua coluna nos anos 50. Na maioria, eram vedetes da época que posavam de maiô duas peças ou mais cobertas – e faziam sucesso.

No teatro
Estreia no próximo dia 25, o espetáculo Rainha Ester, estrelado por Myrian Rios, no Teatro Mazzarelo, em São Paulo. É uma das histórias mais conhecidas da Bíblia.

Juntos
Baleia Rossi e Simone Tebet, candidatos à presidência da Câmara e do Senado, farão campanhas juntos. Ele denunciando o festival de nomeações e promessas de nomeações que empurra a candidatura de Arthur Lira e ela, agora mais agressiva deixando a “independência harmoniosa” e classificando falas recentes de Bolsonaro como “arroubos autoritários e machistas”.

Longo prazo
Esse primeiro momento de vacina é recheado de confusões: de um lado, está atrasada a autorização do governo chinês, onde se localizam as fábricas produtoras de insumo, o que é imprescindível ao Brasil; de outro, a negativa da Índia de fornecer vacinas ao Brasil. Detalhe: somente no segundo semestre o Instituto Butantan e a Fiocruz devem alcançar a independência produtiva, com todo o ciclo de fabricação nacionalizada.

Cunho religioso
O governo vai reeditar em fevereiro a campanha de prevenção de gravidez na adolescência. Nova polêmica à vista. No ano passado, ação semelhante gerou controvérsia. Entidades da área médica acusaram o Ministério da Mulher, de Damares Alves, de lançar uma campanha de cunho religioso e pregar a abstinência sexual dos jovens.

Vende-se
A gestora de recursos inglesa Actis estuda a venda de sua participação na CNA, uma das maiores redes de escola de idiomas no país. Os britânicos já aportaram cerca de US$ 70 milhões no negócio.

Torcida
Após a chegada a mil devido ao acúmulo de casos no feriado do réveillon, a média de mortes por covid no Brasil passou a semana em queda até 952 (Worldometer) e deve continuar caindo com o início da vacinação.

Olho no futuro
Além de derrotas na Justiça, que proibiu sua reeleição e também barrou sua mulher no Sebrae/AP, Davi Alcolumbre terá de enfrentar as urnas em 2022, para voltar ao Senado. E só haverá uma vaga em disputa. Alcolumbre quer se ajeitar no governo Bolsonaro. Voltar ao baixo clero é algo que lhe tira, diariamente, o sono.

Repique
Não está totalmente superada e pode haver repique na situação da falta de oxigênio, seja com piora no cenário do Amazonas ou problemas em outros estados, particularmente no Pará, onde já houve mortes pela falta do insumo. Não se pode descartar nova escalada. O governo federal continuará a sofrer desgaste se mantido o clima atual e verá ganhar corpo um CPI sobre o tema no Congresso, assim como mais fôlego a novos pedidos de impeachment.

Férias
É típico do governo: enroscado em diversas situações internacionais por conta de seu desempenho, o  ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, resolveu à sua maneira: tirou férias de uma semana.

Tentativa
Queiroz Galvão, OAS e Odebrecht agora vão ao STF na tentativa de anular decisão da Justiça que as obriga a devolver cerca de R$ 1,5 bilhão ao metrô de São Paulo. O STJ já negou pedido similar às empreiteiras, condenadas por conluio na licitação para a expansão da linha 5 do metrô paulista.

Um ou outro
Mantido no cargo – pelo menos, por ora – o presidente do Banco do Brasil, André Beltrão, pretende manter a operação do BB Américas, nos Estados Unidos. Ninguém sabe se é por convicção no negócio ou pela falta de comprador – o ativo está sobre o balcão há mais de um ano.

Outra versão
Davi Alcolumbre quer conseguir algum cargo – e se manter nele até 2022. Motivo: seu irmão Josiel Alcolumbre, seu suplente, assumiria sua vaga no Senado. Seria tempo necessário para Josiel ganhar maior visibilidade de olho na disputa do governo do Amapá.

Perdendo a chance
José Dirceu tem dito a velhos companheiros do PT que Lula está perdendo uma oportunidade de ouro para combater Bolsonaro. Nas últimas semanas, enquanto João Doria deita e rola no episódio da vacina, o ex-presidente está em Cuba, gravando cenas para um documentário de Oliver Stone.

Jogo duro
Lembrando que, no ano passado, o The New York Times classificou Bolsonaro como “um risco à saúde dos brasileiros e da democracia”, o espanhol El País tachou o presidente brasileiro como “o pior entre todos os líderes sul-americanos” e o francês Le Parisiense chamou o brasileiro de “um ditador incompetente que estimula aglomerações de seus apoiadores”, os mais lúcidos diplomatas garantem que as complicações que o Brasil tem tido na área das vacinas é resultado da imagem do governo e do próprio Bolsonaro. Agora, Joe Biden está nomeando para diretor-sênior para o Hemisfério Ocidental do Conselho de Segurança, Juan Gonzales, crítico do governo brasileiro.

Carreata
Parlamentares da Amazônia – à frente o senador Eduardo Braga – preparam uma carreata até o Planalto para pedir incentivos à Zona Franca. Temem a saída de mais empresas da região, a exemplo da Sony.

Nota baixa
Levantamento da Paraná Pesquisas revela que o brasileiro, em média, dá nota 7,7 para o próprio comportamento em relação à prevenção contra o novo coronavírus. Já na avaliação dessas mesmas pessoas quanto ao comportamento da população brasileira como um todo, a nota média despenca para 4,2. Brasileiros de Sul e Sudeste têm autoestima elevada, atribuindo-se nota de 7,8 mas desaprovam comportamento alheio: 4,2 e 4,1 respectivamente.

“Prisão”
O eterno candidato derrotado à Presidência em 2018, Ciro Gomes (PDT) está pregando a prisão de Bolsonaro em razão das vítimas da covid. Não disse o que pensa dos governantes da Itália, Reino Unido, Espanha, França, Suíça e Argentina, que, proporcionalmente, registram mais mortes do que o Brasil.

Na tela
Os ministros do Tribunal de Contas da União acabam de voltar ao trabalho e manterão sessões plenárias de forma remota, como vinha sendo feito no ano passado e com transmissão pelo Youtube.

Clã de fora
O presidente Bolsonaro baixou decreto: até segunda ordem, ninguém do clã toma vacina contra a covid-19. Inclusive Flávio Bolsonaro levou um puxão de orelhas por celebrar a decisão da Anvisa em seu Twitter.

No apagar das luzes
Poucas horas antes de deixar o cargo de presidente norte-americano Donald Trump, concedeu o perdão presidencial a 143 americanos acusados de crimes. Entre tantos estavam o ideólogo da extrema-direita e ex-assessor Steve Bannon, acusado de ter se beneficiado de uma fraude em uma campanha virtual relacionada à construção de um muro na fronteira entre os EUA e o México e também aparece Elliott Broidy, ex-arrecadador de fundos para a campanha de Trump, que se declarou culpado de uma acusação de conspiração relacionada a uma campanha secreta de lobby para influenciar o governo do republicano em nome de um bilionário estrangeiro em troca de milhões de dólares.

Quebrando tradição”
Em seu último discurso Donald Trump, agradeceu algumas pessoas e deixou recado. “De novo, quero agradecer o vice-presidente Mike Pence, sua esposa Karem, e o Congresso – pelo menos alguns elementos funcionaram muito bem. Conseguimos coisas que ninguém acreditavam ser possível”. E completou: “Digo adeus. Amamos vocês. Voltaremos de um jeito ou de outro”. E para terminar, quebrou uma tradição centenária: deixou a Casa Branca antes que seu sucessor Joe Biden chegasse. Trump, voou  de helicóptero da força aérea norte-americana por volta das 10h15 de Brasília, acompanhado de sua esposa, Melania em direção a Flórida.

Intercambista
Felipe Santa Cruz, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, criticou a postura do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e acredita que  ele não soube negociar para a liberação das vacinas fabricadas pela Índia. “Qualquer intercambista recém saído da escola faz mais pelo Brasil no exterior que Ernesto Araújo”. E completou: “A alma do brasileiro é diplomática por natureza! O fracasso atual da nossa diplomacia não é somente um desastre para o país, mas também uma dissonância gigante com o povo brasileiro”.

Revista eletrônica
O SBT já começa a trabalhar para ter uma revista eletrônica, que deverá ser exibida pelas manhãs, devendo concorrer com o Mais Você com Ana Maria Braga, Encontro com Fátima Bernardes e Hoje em Dia  da Record. A atração deverá ser comandada pela Ticiana Villas Boas, de volta a emissora, e Ivan Moré, ex-Globo. O programa deverá contar também com o chef Carlos Bertolazzi. A atração deve chamar Vem Pra Cá.  Mais: a revista eletrônica tinha sido prometida para Chris Flores, mas os patrocínios do marido de Ticiana, Joesley Batista, pesaram mais.

OLHO MÁGICO
Fotos: David LaChapelle // Emma Summerton // Divulgaçã

Continuação do CD

A cantora Dua Lipa, 25 anos é um fenômeno no mundo todo. Capa da revista Rolling Stones e da Vogue britânica, ela conta que este ano irá lançar a continuação do seu álbum Future Nostalgia, que apesar de ter feito bastante sucesso foi lançando pouco antes da pandemia. Em entrevista revelou que não tem medo de se posicionar seja qual for o assunto porque seu pai e seu avô lhe ensinaram a defender as coisas em que acredita. Estes dias também desmentiu o boato de que estaria gravida e revelou os planos para futuro. “Eu adoraria fazer algo divertido relacionado à moda. Mas no momento, meu foco é a música, mas quero ser capaz de diversificar e fazer outra coisa. Eu adoraria iniciar uma marca em algum momento, mesmo que comece de forma bem pequena. Eu teria que fazer isso em passos de bebê”.

Edições Anteriores:  
 IN & OUT

 ;-) Quiche royale

:-( Quiche arco-íris

ONE CARTOON


Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.




 

Esta coluna é fechada de
segunda a sexta às 16:00

(exceto feriados)

 


 © Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
 do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br

s