“Por vezes, aqui, atrapalha um pouco. É que nem cunhado. Você casa e tem que aturar o cunhado a seu lado. Não pode mandar o cunhado embora”,

de Jair Bolsonaro, sobre o vice-presidente
Hamilton Mourão.

Ano XIX - 28 de julho de 2021

 

Maior divulgação
Com a aproximação das eleições do ano que vem, conselheiros de Jair Bolsonaro avaliam que concentrar as aparições do presidente apenas nas redes sociais não é suficiente. Afirmam que o cenário eleitoral de 2022 indica uma disputa difícil e que Bolsonaro precisa intensificar a divulgação de ações do governo em meios que tenham alcance pelo interior e por cidades de pequeno e médio porte. À propósito, esse é o caminho escolhido pelo ex-presidente Lula nas últimas semanas. Desde que saiu do hospital o presidente deu entrevistas a cinco rádios, mais algumas na TV Brasil e até na Voz do Brasil à pretexto de seu aniversário. Em todas essas intervenções na comunicação, o espaço é sempre favorável ao Capitão: não há perguntas duras.

Candidato
Há cinco meses no comando do Ministério da Cidadania, o deputado licenciado João Roma (Republicanos-BA) está à vontade. Saiu da posição de aliado do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) e virou protagonista do bolsonarismo na Bahia. Agora, pensa em sair candidato ao governo da Bahia no ano que vem. O movimento é incentivado por Bolsonaro e seus filhos. Eles vislumbram a possibilidade de um palanque forte no estado.

Divergências
O senador Ciro Nogueira e o presidente Bolsonaro tentam aparar arestas. Expoente do Centrão, Nogueira já se manifestou contra o voto impresso, bandeira do Planalto. Ele e dez presidentes de partidos, há um mês, assinaram o “manifesto coletivo” contra o voto impresso. Mais: parte do PP tem a intenção de apoiar o ex-presidente Lula (PT) em 2022. Nogueira diz que assinou o manifesto como dirigente da sigla, não representando sua opinião pessoal. E ainda terá de lidar com divergências internas sobre apoio a Bolsonaro no ano que vem.

Em segredo
O Exército atuou diretamente na vacinação de 130 servidores da Abin – Agência Nacional de Inteligência, que foram imunizados contra a covid-19 sem aval dos técnicos do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. O Ministério Público Federal constatou que uma lista secreta com nomes foi enviada diretamente ao Exército para que os funcionários da Abin fossem vacinados com todos os militares da ativa das três Forças Armadas, que estão sendo imunizados de forma privilegiada em Brasília.

Estreia
Há cinco anos circulando no mundo da moda, a modelo Gabriella Gambinie coleciona campanhas para as marcas MAC, Avon e Havaianas. Agora, aos 23 anos, vai estrear na TV: está no elenco da continuação da novela Verdades Secretas. Gabrielle é trans e sobrinha da famosa Roberta Close, que hoje mora na Suíça.

286 agências
A Caixa elevou para 268 o número de agências que deverão ser abertas em todo país para ampliar sua rede de atendimento até o final do ano. Serão 168 unidades focadas no varejo e outra 100 especializadas no agronegócio. A abertura de agências em cidades com população entre 20 mil e 40 mil habitantes depende da movimentação financeira das prefeituras para o banco.

Para aliados
O novo Ministério do Emprego e Previdência terá, sob o comando de Onyx Lorenzoni, 202 cargos com poder de decisão que estarão disponíveis para serem usados em indicações políticas. A expectativa é que abriguem aliados do governo, especialmente do Centrão.

Renúncia fiscal
Em 2018, a renúncia fiscal foi a ordem de 22,36% da receita e o pessoal de plantão prometia a redução da orgia. Já em 2021, a previsão é de renúncia da ordem de 23,61% da receita, ou seja, 5,59% maior do que em 2018 e já começaram propostas de redução para o ano de 2022. Esse festival era de 17,38% da receita em 2008, ou seja, crescimento de 35,85% em relação a 2021.

No escuro
“Como você vai mudar de uma hora para outra o presidencialismo que vem sendo aplicado há 130 anos no país e trocar por algo que não conhece? Eu acho isso muito irresponsável. Adotar o semipresidencialismo seria um erro político imperdoável. É uma aventura. Um salto no escuro”. A opinião é de Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal.

Carros caros
De acordo com a consultoria Jato Dynamics, 68% dos carros vendidos no país atualmente custam acima de R$ 70 mil enquanto os veículos abaixo desse valor representam os demais 32%. Até três anos atrás, a situação era inversa. Os veículos com preço acima de R$ 70 mil eram 40% do mercado. O protagonismo é dos modelos mais caros, em especial os utilitários esportivos (os SUVs, em inglês).

Super dívida
O grupo Madero está em rodada de apresentação a investidores para avançar numa oferta pública de ações (IPO, em inglês) que deve girar em torno de R$ 2 bilhões. A rede tinha dívida líquida de quase R$ 800 milhões em março, um terço acima de dezembro. O saldo de obrigações de curto e longo prazo (fornecedores, tributos e empréstimos) eram de R$ 2,4 bilhões.

Crime
O ministro Braga Netto (Defesa) mandou um aviso direto a Arthur Lira (Progressistas-AL), presidente da Câmara: não haveria eleições no Brasil se não fosse aprovado o voto impresso. Ao ameaçar a realização das eleições de 2022, Braga Netto pode ter cometido crime de responsabilidade,  passível de punição até mesmo com impeachment. A opinião é do jurista Mauro Menezes, ex-presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República (2016 a 2018).

Atrasadas
Estudo realizado pelo Sírio-Libanês com a Organização Mundial da Saúde revela que, no mundo todo, e no Brasil não foi diferente, do início da pandemia para cá, 52,6% dos pacientes com câncer atrasaram cirurgias ou tratamentos com quimioterapia e radioterapia; 77,5% interromperam o tratamento e houve queda de 77% de novos diagnósticos, ou seja, as pessoas têm a doença, mas ainda não sabem. Estima-se que serão necessários de dois a três anos para equacionar exames e tratamento da doença.

Insuperável
O govenador João Doria acha que ainda existe perspectiva de Geraldo Alckmin abrir mão de sua pretensão de concorrer ao governo estadual no ano que vem, mas a maioria dos tucanos considera que o atrito é insuperável  e que uma avenida se abre para o PT ter boa eleição no Estado, se chegar a um acordo com Guilherme Boulos. E acham que cicatrizes abertas no primeiro turno não cicatrizam no segundo.

Dele e da turma
Até ministros ironizam, sempre à distância, uma das últimas promessas do ministro Paulo Guedes, da Economia. Ao anunciar mais um fatiamento em seu latifúndio ministerial disse: “Vamos criar empregos, inclusiva com uma reestruturação nossa, uma mudança de direção do emprego e da renda”. Houve até quem gargalhasse. Nos corredores do governo, todos sabem que os únicos empregos que Onyx Lorenzoni vai criar no Ministério do Emprego e Previdência serão os dele e dos de sua turma.

Arco-íris
Pelo menos 142 atletas publicamente LGBT estão no Jogos Olímpicos. Esse número é duas vezes maior do que o registrado no Rio, em 2016, segundo a Outsports.com.

Marajás
O BNDES paga salários de marajás. É a maior média salarial dos bancos federais, o quadruplo do BB e o triplo da Caixa. E paga “participação nos lucros”, segundo relatório do próprio governo, elaborado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Estatais. Em 2020, o BNDES teve lucro líquido de R$ 20 milhões e pagou participação nos lucros de R$ 247,7 milhões. Gasta R$  2 bilhões com salários de até R$ 76.790 mensais, com média salarial de R$ 31.070.

No vermelho
A Rede TV enfrenta um tsunami: o programa de Sikêra Junior, um dos maiores salários da emissora, vai fechar o segundo mês no vermelho. Sikêra perdeu mais de 40 patrocinadores após fazer ataques homofóbicos na TV.

Eminência parda
Cada vez mais o rótulo de eminência parda do governo cabe ao ministro Braga Netto, da Defesa. Ele é considerado o mais fiel a Bolsonaro, reza na cartilha dele e só faz o que ele manda. Só agora é que se sabe que a rumorosa entrevista do comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do Ar Baptista Junior, foi previamente acordada com Braga Netto. E mesmo que não tenha transparecido, o comandante Baptista Junior falou em nome de 320 mil militares ativos e 140 mil da reserva.

Mudou de pasta
A proposta de Paulo Guedes de criação de um fundo de dividendos das estatais para o combate à pobreza extrema deve não apenas migrar da sua Pasta como também mudar de objetivo. A dinheirama passaria para o novo Ministério do Emprego e Previdência, sob controle de Onyx Lorenzoni. Em vez de serem destinados aos miseráveis, os recursos seriam alocados para um programa de apoio ao emprego.

Patrocínio
A Petrobras está esperando apenas o fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio para rever sua política de patrocínio aos esportes olímpicos. As discussões passarão pela performance do Brasil na Olimpíada. Atualmente, a estatal financia 25 atletas – cinco deles paraolímpicos – a um custo médio de R$ 3 milhões por ano. Caso venha a cortar recursos, o general Joaquim Silva e Luna vai repetir o que Pedro Parente fez na direção da Petrobras em 2016.

Em campo
Presidente do PDT, Carlos Lupi tomou a segunda dose da vacina e esperou 15 dias em casa. Agora, acaba de participar pela primeira vez de um protesto de rua contra Bolsonaro.

Correndo atrás
O ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França abriu conversações com os governos da Noruega e da Alemanha na tentativa de retomar recursos dos dois países no Fundo Amazônia, suspenso desde 2019. O problema é o de sempre: segundo dados divulgados pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, a área desmatada na região cresceu 10% nos últimos 12 meses.

Poderoso
Eliane Nogueira, mãe e suplente de Ciro Nogueira, não vai herdar a cadeira dele na CPI da Covid. O Planalto precisa de alguém mais combativo. Jader Barbalho (MDB-PA) é quem deve escolher o substituto de Nogueira e Bolsonaro acha que “se Ciro estivesse no lugar de Ramos, não tinha CPI”.

De olho
Muitos estranharam o fato de Paulo Guedes, ministro da Economia, abrir tão fácil mão da secretaria que cuidava do emprego para recriação do Ministério de Emprego e Previdência. Ele sabe que Onyx Lorenzoni irá se exonerar do cargo no ano que vem para concorrer ao governo do Rio Grande do Sul e sua intenção é incorporar novamente a Pasta no seu ministério.

Carreira musical
Ao que parece a campeã do Big Brother Brasil 21 Juliette Freire resolveu mesmo investir em sua carreira musical. Depois de fazer participação em várias lives como a de Gilberto Gil, Elba Ramalho, Alceu Valença e Wesley Safadão e de receber diversos elogios pela sua voz e performance, prepara seu primeiro clipe. Tudo está sendo feito em sigilo absoluto, mas já se sabe que a produção audiovisual ficará por conta de Giovanni Bianco, que já dirigiu clipes de Anitta, Ivete Sangalo e Ludmilla. Enquanto isso ela segue lucrando em publicidade e já teria triplicado seu prêmio de vencedora do BBB21 só com as campanhas.

 

OLHO MÁGICO
Fotos: Reprodução

Queridinha da publicidade

A cantora Iza é considerada uma das melhores cantoras de sua geração. Com cinco anos de profissão ela também virou querida da TV, já esteve à frente do programa Música Boa ao vivo, hoje faz parte do grupo de jurados do The Voice Brasil e vai comandar ao lado de Tatá Werneck o Prêmio Multishow. Ela também e está entre as queridinhas da publicidade, sendo requisitada por várias grandes marcas, como TIM, Universidade Anhanguera, PicPay, Garnier entre outras. Agora, foi convocada para ser garota-propaganda da Valisere, que tem por muitos anos Marina Ruy Barbosa à frente de suas campanhas. “Acho importante me aliar a uma marca que pensa na representatividade das mulheres. Sempre gostei das lingeries versáteis e sentia falta de marcas que se preocupassem com as nossas formas e com o nosso tom de pele. Lingerie é para todas e pode ser usada como mais uma ferramenta de estilo”. No início desta semana, Iza recebeu em sua casa a visita de Ivy McGregor,  diretora da BeyGOOD, ONG da Beyoncé. Há quem garanta que possa surgir algum trabalho envolvendo as duas cantoras, tanto na música como em parte filantrópica.

Edições Anteriores:  
 IN & OUT

 ;-) Salada de legumes assados

:-( Salada tropical

ONE CARTOON


Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.




 

Esta coluna é fechada de
segunda a sexta às 16:00

(exceto feriados)

 


 © Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
 do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br

s