“Faço um apelo a toda comunidade internacional pela liberdade religiosa e pelo combate à cristofobia”,

 

de Jair Bolsonaro em discurso virtual na ONU.


Ano XVIII - 26 a 28
de setembro de 2020

 

Cenário fiscal
A menos de três meses do encerramento da sessão legislativa, a Comissão Mista de Orçamento nem sequer foi instalada. Por isso, ainda nem tomaram posse o presidente indicado da Comissão, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) e os relatores indicados do projeto de lei de diretrizes orçamentárias (PLDO) para 2021, senador Irajá Abreu (PSD-TO) e da proposta orçamentária do próximo ano, senador Marcio Bittar (MDB-AC). O atraso é melhor indicador da indefinição sobre o cenário fiscal de 2021.

PEC 188
A despesa obrigatória da União no próximo ano, que consta na proposta orçamentária enviada pelo governo ao Congresso, é inferior a 95% da despesa primária total. Dessa maneira se a Proposta de Emenda Constitucional 188/2019, conhecida como PEC do Pacto Federativo, já tivesse sido aprovada e estivesse em vigor, o governo não poderia acionar as medidas de ajuste de gastos.

Novo rachado
O partido Novo suspendeu a candidatura a prefeito de São Paulo de Felipe Sabará e aumentou o racha interno entre apoiadores de Bolsonaro e os insatisfeitos com a aproximação do candidato com o bolsonarismo. Sabará já elogiou a postura do presidente na pandemia e elogiou Paulo Maluf. Ele argumenta que está “sendo perseguido por João Amoedo”, fundador e ex-presidente do partido, além de “uma ala minoritária dos filiados e infiltrados do MBL”.

Novo tributo
Tecnicamente, a segunda parte da reforma tributária do governo está desenhada. Propõe a criação do Imposto sobre Transações Digitais a uma alíquota de 0,2% em débitos e créditos como fonte para financiar desoneração parcial da folha de salários das empresas, que já tem um formato técnico. A desoneração será integral até um salário-mínimo e acima desse valor, haverá um corte de 15% na alíquota de contribuição previdenciária. A expectativa é que o novo tributo arrecade cerca de R$ 120 bilhões por ano.

Fusão
Depois de meses de negociação, a Localiza, maior empresa de locação de veículos do país, anuncia um acordo de fusão com a segunda maior do segmento, a Unidas, num negócio que, se aprovado pelo Cade, criará uma companhia com valor de mercado de R$ 50 bilhões. Hoje, Localiza e Unidas têm 47% do mercado total. A Movida é a terceira do ranking com 11%.

Largada
Luiz Fux, novo presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pretende retomar ainda neste ano, um dos julgamentos mais controversos do colegiado. Trata-se da ação contra o juiz federal Macário Ramos Júdice Neto, acusado de ligações com pessoas suspeitas de participar de um esquema de jogos de azar no Espírito Santo. Há expectativa em relação ao veredito, visto desse já como um referencial do rigor com que o CNJ julgará os magistrados na gestão Fux.

Carnaval
A Riotur vai escolher em outubro a empresa que patrocinará os próximos três carnavais de rua no Rio de Janeiro. Só que com uma ressalva. Não tendo carnaval no ano que vem por causa da pandemia, contam-se três anos subsequentes. O último caderno de encargos, que definiu os detalhes do patrocínio, durou três anos. Quem saiu vencedora foi a Dream Factory, ao firmar um contrato com valor de cerca de R$ 75 milhões.

Competição
O sistema financeiro prepara-se para ser mais competitivo. Novidades como open banking e Pix , meio de pagamentos instantâneos, vão movimentar o mercado e aumentar a concorrência. Poderá haver alguma perda de receita para a instituição financeira, mas não deverá ser tão relevante. Como exemplo, toma-se o TED e o DOC, que poderão ser substituídos pelo Pix e representa menos de 1% da receita de serviços dos bancos.

Cuidado
A rede de cinema UCI comprou um sistema de purificação de ar-condicionado, igual ao que é usado em centros cirúrgicos para todas suas salas no Brasil. funciona dessa maneira: tem polarizadores de íons que promete destruir os microrganismos nos dutos de ar. No Rio, os sistemas deverão abrir no dia 1º de outubro.

“Sugar tax”
Uma tributação de 20% sobre bebidas não alcoólicas adoçadas, categoria que inclui refrigerantes, sucos de caixinha, isotônicos, bebidas à base de leite e chocolate, entre outros, geraria R$ 4,7 bilhões de arrecadação tributária adicional por ano em um acréscimo de R$ 2,4 bilhões ao PIB. A ideia converge com o “sugar tax” já mencionado pelo ministro Paulo Guedes de tributar produtos com altos teor de açúcar. A medida resultaria na criação de 69,6 mil empregos, especialmente no Nordeste. São as conclusões de estudo realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Militante
Crítico de Bolsonaro, o ex-ministro Delfim Netto, do alto de seus 92 anos, ficou impressionado com a pancadaria de jornalistas de TV no discurso do presidente na ONU: “Parecia até que o atual governo criou o aquecimento global”.

Anulado
O presidente Bolsonaro deu ordens para a Advocacia Geral da União suspender imediatamente a promoção em massa de 607 procuradores ao tomar conhecimento de uma iniciativa do líder do governo, deputado Ricardo Barros (PP-PR) que, inconformado, protocolou projeto de decreto legislativo anulando a iniciativa oportunista. A promoção em massa de 92% do efetivo da AGU foi interpretada como uma tentativa de burlar a reforma administrativa do próprio governo.

Blefe
A direção da Volkswagen fez chegar ao governo a informação de que, caso a situação do setor automotivo se agrave ainda mais, poderá demitir até seis mil trabalhadores e não “apenas’ os 3,5 mil anunciados. O ministro Paulo Guedes acha que é blefe e pressão barata da companhia para arrancar um pacote de maior ajuda no BNDES. A Volkswagen informa que está sendo feita uma negociação sindical nas fábricas de São Paulo e Paraná.

Pré-candidato
Roberto Jefferson, dono do PTB já convidou Eduardo, Flávio e Carlos Bolsonaro para ingressarem em seu partido. Jefferson, aliás, já prega o nome de Flávio como candidato do PTB ao governo do Rio em 2022.

200 lojas
Mesmo com investimentos intensivo no e-commerce, a Americanas aposta alto no comércio físico. A rede varejista de Jorge Paulo Lemann e cia. estuda  abrir cerca de 200 lojas em 2021. Vai servir para tirar o atraso provocado pela pandemia: no primeiro semestre deste ano, a Americanas abriu apenas nove pontos de venda, contra 41 no mesmo período em 2019.

Aécio bem longe
A ordem da campanha de Luisa Barreto, candidata tucana à prefeitura de Belo Horizonte, é “sumir” com o deputado Aécio Neves. Os adversários, contudo, já estão se preparando para o combate.

34 anos
O programa Roda Viva, da TV Cultura está completando 34 anos. E nesta segunda (28), a atração hoje apresentado por Vera Magalhães, reunirá alguns de seus ex-apresentadores, Daniela Lima, Heródoto Barbeiro, Rodolpho Gamberini, Matinas Suzuki e Paulo Markun  (participará virtualmente porque atualmente mora em Portugal) para sabatinar um convidado. O escolhido foi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Rádio
Junior Durski, dono das hamburguerias Madero, tem muita companhia, segundo investigações da Polícia Federal, para o financiamento da criação de uma emissora de rádio pró-Bolsonaro. Um dos entusiastas pela ideia é Flávio Rocha, herdeiro das Lojas Riachuelo.

Papelão
O Senado fez um papelão, nesses dias, deixando-se usar pela “bancada” do ditador Nicolás Maduro em pleno Congresso brasileiro, ignorando apoio ao país à repulsa mundial contra a tirania e desdenhando suas atrocidades denunciadas pela ONU. Acusar o americano Mike Pompeo de “atacar nação amiga do Brasil” é uma super ignorância. Venezuela não é “um país amigo” é um país subjugado pelo ditador que rompeu com o Brasil e cujos “diplomatas” são persona no grata em Brasília.

Proteger
Ainda a novela da AGU: a suspeita é que o organismo tentava “proteger” a corporação da reforma administrativa, que só prevê promoções por mérito. Promoções indiscriminadas, como a que o corporativismo da AGU tentou emplacar, logo serão coisas do passado. Os R$ 7 mil acrescidos aos salários são à título de “honorários de sucumbência”, uma “comissão” para o efetivo da AGU fazer um trabalho pelo qual todos já foram regiamente remunerados.

Bate-boca internacional
A cantora Azealia Banks resolveu atacar a cantora brasileira Anitta durante um podcast do Cheapy's Two Cents. O ataque aconteceu depois comentários sobre Cardi B , que fez parceria com Anitta na música Me Gusta. Banks disparou: “A nova música que ela fez com Anitta é muito ruim. Me desculpa, mas eu realmente não gosto da Anitta. É um lixo. Ela é de verdade um completo lixo”. E completou: “Não é a J-Lo, não é a Shakira”. E a funkeira brasileira não deixou por menos e também atacou: “Você já se sentiu feliz em descobrir que alguém não gosta de você? Hahahaha tipo, significa que você está no caminho certo”. Vale lembrar de Azealia sempre dispara critica acidas sobre muitos cantores brasileiros. Por enquanto quem se livrou foi Ludmilla e Pabllo Vittar, supostamente dois “rivais” de Anitta. Mais: Cardi B e Azealia não se bicam.

No Itamaraty
Já estão sendo debatidas as hipóteses da política externa com os Estados Unidos caso o democrata Joe Biden seja eleito. Ela começa com a mudança nos “móveis” da própria casa, ou seja, o Ministério das Relações Exteriores. A permanência de Ernesto Araújo na Pasta é incompatível com o retorno dos democratas à Casa Branca. Três diplomatas já despontam na linha de frente dos candidatos à sucessão de Araújo. O mais cotado é Luis Fernando Serra, ex-embaixador do Brasil em Paris.

Criando problemas
O governo brasileiro, na condição de um dos “acionistas’ do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem criado problemas dentro da instituição para a concessão de um empréstimo de até US$ 500 milhões à Argentina. Seria uma vendeta à tentativa do governo de Alberto Fernández de adiar a recente eleição no BID que escolheu o norte-americano Mauricio Claver-Carone, o candidato de Trump, para o comando do Banco.

Quase parando
Senadores elogiaram as semipresenciais de votação, mas o presidente Davi Alcolumbre, em campanha para mudar a Constituição e ficar no cargo, fixou as próximas votações para daqui a um mês.

As mulheres
Pesquisa feita pelo Sebrae e Fundação Getúlio Vargas mostra que 71% das mulheres empreendedoras fizeram o uso das redes sociais, aplicativos ou internet para vender seus produtos enquanto os homens só 63% usaram esses recursos. A pesquisa também revelou que todos os empreendedores registraram queda no faturamento, pesando mais para mulheres, 78% apontaram essa queda e os homens 76%. Outro ponto da pesquisa mostra que 19% das empreendedoras começaram a usar serviços de delivery durante a pandemia contra 14% dos empreendedores.

Discreto
Poucos ficaram sabendo: o presidente Jair Bolsonaro passou pela  6ª cirurgia desde que levou uma facada em 2018 na manhã de sexta-feira (25). Nada de grave, a cirurgia  foi para a retirada de pedra na bexiga no Hospital Albert Einstein. A pedra era maior do que um grão de feijão,  estimativa que ela tinha entre 2,5 e 3 cm. Médicos urologistas explicam que a pedra na bexiga costuma vir do rim, mas também pode se formar na própria bexiga e pode provocar dores para urinar e, em alguns casos, sangramento.

Na hora certa
Fora das novelas desde 2018 quando viveu Mariacarlaem O Tempo Não Para, Regiane Alves, 42 anos, brincou que este momento de isolamento social foi o melhor momento para reexibição das novelas Mulheres apaixonadas (no canal Viva) e Laços de família onde interpretou suas piores vilãs Dóris e Clara. “Escolheram bem a época para passar as novelas em que eu era odiada. Confinada, estou segura das agressões” brincou a atriz. E completa: “Ambas são a prova do poder de um bom texto. Uma obra assim fica tão presente nas nossas vidas que, mesmo 20 anos depois, ainda toca. As pessoas querem assistir porque têm essa lembrança boa, uma espécie de saudosismo. Para mim, como atriz, é uma loucura. Sempre penso que poderia ter feito de outro jeito porque sou muito crítica. Mas é uma mistura de sentimentos, tenho recordações boas”.

OLHO MÁGICO
Fotos: Brunno Rangel // Reprodução

Com todas as rugas

Aos 57 anos, Xuxa Meneghel, a eterna rainha dos baixinhos e que acaba de lançar sua biografia chamada Memórias, pela Globo Livros, que vendeu mais de 100 mil exemplares somente num dia está na capa da Quem digital. Em entrevista, ela fala um pouco sobre sua vida, seus projetos e do livro apontando qual foi a parte mais “estranha” da biografia: “Falar sobre meus ex é sempre estranho. Sei que é minha história, mas tem a vida de outras pessoas envolvidas. Não falar deles também seria apagar minha história, então, tentei achar esse meio termo”. Perguntada o que ela espera do futuro, foi direta: “Espero que as pessoas me deixem envelhecer com todas as minhas rugas e com tudo que virá com a idade. Que tenham mais respeito pela minha história. Acima de tudo, que me deixem viver o que a velhice vai me proporcionar: meus netos e minhas escolhas, que com certeza não serão as mesmas escolhas de muita gente”. Sobre o sonho de ser avó, revelou que após certa idade é o sonho de toda mulher que tem filhos.

Edições Anteriores:  
 IN & OUT

 ;-) Caipirinha de três limões

:-( Caipirinha de melancia

ONE CARTOON


Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.




 

Esta coluna é fechada de
segunda a sexta às 16:00

(exceto feriados)

 


 © Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
 do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br

s