“Eu vou ter condições jurídicas de ser candidato porque não há nenhuma razão para evitar que eu seja.”

Alvaro Dias (PV-PR), autor da PEC do fim do foro privilegiado aprovada pela CCJ.

Ano XV - 28 de abril de 2017

Novo advogado
O ex-ministro Antonio Palocci vai mesmo delatar, e isto já é conhecimento de todos. Para auxiliar na delação ele contratou um novo advogado, o criminalista Adriano Bretas. Palocci já mandou avisar que vai dar detalhes das negociações de figuras importantes do mercado financeiro nas campanhas políticas. Seu outro advogado, José Roberto Batochio, pelo que parece não concordou com a delação e preferiu se retirar da defesa. Batochio também atua na defesa do ex-presidente Lula. O ex-ministro estava entre as 87 testemunhas de defesa listada pelo ex-presidente, com a confirmação da delação, Palocci, como se pode ver, deverá ser retirado da lista.

Tem que devolver
O ministro do TSE – Tribunal Superior Eleitoral – Henrique Neves, deixou de atuar no dia 11 de abril. Sua última ação foi a reprovação das contas do diretório nacional do PSDB do ano de 2011. Neves estipulou que a sigla devolva aos cofres públicos R$ 3,9 milhões. Ele decidiu também que cerca de R$ 260 mil seja transferido para o fundo partidário e que destine pouco mais de R$ 2 milhões para o incentivo à participação feminina na política. O partido entrou com recurso porque acredita que a decisão deixou de cumprir uma etapa da análise de contas conforme as regras do próprio Tribunal. Vale lembrar que há seis anos o presidente do partido era Sérgio Guerra que faleceu em 2014. Então o recurso é analisado e tudo fica como está.

Em Curitiba
O ex-presidente Lula não gostou da decisão do juiz Sérgio Moro que exige a presença em todos os depoimentos de suas 87 testemunhas. E ficou mais bravo quando Moro disse que poderia rever a decisão desde que Lula reavaliasse sua lista, eliminando algumas testemunhas já ouvidas. “Se for necessário, eu me mudo para Curitiba. Mas a gente não vai abrir mão de nehuma testemunha que eu ache importante. O juiz Moro não pode julgar a quantidade de testemunhas”. Uma coisa é certa, mesmo sem sua intenção, Lula acaba de perder uma testemunha, Antonio Palocci que vai delatar.

Candidato
Pela primeira vez o ex-presidente Lula, falou abertamente que pretende sim concorrer às eleições presidenciais do ano que vem. Ele afirma ainda que terá condições jurídicas de concorrer, confiante de que não existem provas contra ele. Sobre a delação de Antonio Palocci, afirmou que não está preocupado, ele acredita que o ex-ministro está agindo como qualquer pessoa que esteja preso. “Não tenho nenhuma preocupação com uma delação do Palocci. Ele está lá trancafiado. Enquanto, não falar, não sai. Você quer sair, fala do Lula. É assim com todo mundo”.

Festival de selfies
O apresentador do SBT Ratinho conseguiu realizar o sonho de entrevistar o presidente Michel Temer. A entrevista foi gravada no gabinete do presidente. Depois encerrado os trabalhos toda a equipe que acompanhava o apresentador pediu para tirar um selfie com Temer e foram todos prontamente atendidos. Ratinho agradeceu a entrevista e gentileza e o tratamento com toda equipe. Ao deixar o gabinete presidencial foi a vez de Ratinho ser parado para um festival de selfies de funcionários do Planalto.

Comparando com um sapato
Em entrevista ao SBT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, fez questão de afirmar mais uma vez que não existem provas para incriminá-lo. Ao frisar que o sítio de Atibaia e o triplex do Guarujá não são seus, fez uma comparação das mais inusitadas, comparando as supostas provas apresentas com uma mulher numa loja de sapato. “Você já foi à loja com sua mulher comprar sapatos? Você viu que às vezes ela pede para o cara da loja descer 40 caixas, ela bota os 40 no pé, depois ela fala que não quer nenhum, levanta e vai embora? (…) Ora, se ela não comprou, o sapato não é dela. É o caso do apartamento, é o caso da chácara. Se eu não comprei, não é meu, se eu não paguei, não é meu, se não tem registro, não é meu, se não tem documento, não é meu, se não tem um cheque, não é meu”.

Reunião
Na tarde de ontem no Planto teve uma reunião do Governo com os lideres dos partidos. Pauta: infidelidade e exonerações. Até agora o Governo não consegue se conformar com atitude do PSB de abandonar o barco e com outros partidos como Pros que também foram contra a reforma trabalhista. O Planalto está seriamente pensando em tomar atitudes mais rígidas contra os “supostos” traidores, como por exemplo demitir ministros das supostas siglas traidoras.

Sem ponto
Os servidores públicos  de  Brasília que participarem da greve desta sexta terão seus pontos cortados. O planalto não vai perdoar ninguém.

Quase nada
Uma pesquisa feita pela Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – mostra que cerca de 66,7% das empresas não sabem quase nada sobre a reforma Trabalhista e 5,1% nem tem conhecimento sobre a reforma. Foram ouvidas cerca de 500 empresas.

Não concorda
O prefeito de São Paulo, João Doria, não concorda com a greve marcada para esta sexta feira. Ele acredita que os sindicatos conseguiram distorcer totalmente a ideia das reformas, que foram compradas pela população. “O Brasil não é do mundo sindical, não. O Brasil é dos brasileiros”. No Estado de São Paulo, motoristas, metroviários, ferroviários, professores, profissionais da saúde aderiram à manifestação, deixando outros milhões de trabalhadores sem ter como chegar aos seus locais de trabalho.

Comboio
Como todos sabem o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi adiado para o dia 10. A Polícia Federal queria impedir que grande número de manifestantes, tendo a proximidade do feriado do Dia do Trabalho aumentasse. Só que isso não aliviou muito. A CUT – Central Única dos Trabalhadores –  conseguiu manifestantes para encher 700 ônibus, que seguirão em direção a Curitiba no dia do depoimento do ex-presidente. A PF estima que cerca de 35 mil pessoas possa se reunir na cidade.

Internado
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) teve um dia intenso na última quarta-feira, dia 26, além a aprovação do projeto de Lei de Abuso de Autoridade também aprovou a PEC que acaba com o foro privilegiado. As emoções foram tantas que Eunício desmaiou no final da noite e foi encaminhado para o hospital Santa Lúcia, em Braília onde permanece internado. A principio houve uma suspeita de AVC, mas descartada logo após os exames, por isso ele deve permanecer no hospital por mais alguns para uma bateria de novos exames.

Ninguém tem coragem
O ex-presidente da Radiobrás, Eugênio Bucci, disse que não sabe por que existe tanto medo de entregar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele acha que se construiu-se uma imagem de santo em cima do ex-presidente que não existe. “A dificuldade de núcleos de esquerda de fazer a crítica de determinadas condutas de Lula não vem de uma visão primitiva de que ele seja santo, mas do medo mudo de que tratá-lo como um simples ser humano ('um brasileiro igualzinho a você', lembra?) ponha a perder toda a ‘mística’ que se ergueu dele”.

Com conhecimento
O ministro Gilmar Mendes do STF – Supremo Tribunal Federal – acredita que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) tem o direito de saber tudo o que delatores disseram sobre ele antes ser interrogado pela Polícia Federal, por isso suspendeu por 48 horas o depoimento dele que estava marcado para última quarta-feira, dia 26. Com este prazo o depoimento deveria ficar para sexta-feira, dia 28, mas como existirá um monte de manifestações contras as reformas o interrogatório deverá ficar para semana que vem.

Não quer conversar
Ainda em entrevista ao SBT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que está aberto para um diálogo com o também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele acredita que será possível debater sobre economia, reforma política e outros assuntos. Quando perguntando se conversaria com o presidente Michel Temer sobre os mesmos assuntos, ele disse que não quer nenhum tipo de aproximação. “A forma como ele chegou ao governo não condiz, inclusive, com as conversas que tive com ele”.

Indo para Curitiba
Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, esta indo em direção a Curitiba. Mas ela não ficará por lá, desejo de muitos. Segue para prestar depoimentos ao juiz Sérgio Moro.

De saída
O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, não gostou nenhum pouco da reunião organizada pela OEA – Organização dos Estados Americanos – para debater a crise no país.  E anunciou a retirada do Venezuela da organização. A reunião para o debate na crise  foi aprovada por 19 dos 34 países que fazem parte do grupo, incluindo o Brasil. Para os membros da organização deixar a OEA é mais uma prova de que o chavismo deu um golpe de Estado.

Não vai permitir
A prefeitura de São Paulo mandou avisar a CUT – Central Única dos trabalhadores que não vai permitir manifestação na Avenida Paulista no dia Primeiro de Maio.

Horta urbana
Durante sua passagem por São Paulo o ator e ex-governador da California Arnold Schwarzenegger, sugeriu ao prefeito de São Paulo, João Dória, a criação de hortas urbanas orgânicas. Para tentar convencer Doria o ator argumentou que com a criação das hortas surgiria novas vagas de empregos para moradores de rua. Doria gostou e ficou de estudar a ideia, que seguiria com a ajuda da secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

Mais um
A atriz Luana Piovani, vai filmar mais uma comédia romântica Amor sem Fronteiras, que contará história de dois casais, um brasileiro e outro argentino, que sem querem acabam fazendo uma troca de companheiros entre eles. A direção e o roteiro ficam por conta de Marcelo Santiago.



Como veio ao mundo
A apresentadora Luciana Gimenez, 47 anos, mãe de dois filhos Lucas Jagger, prestes a completar 18 anos, fruto de seu namoro com o cantor Mick Jagger e Lorenzo, 6 anos, filho de Marcelo Carvalho seu atual marido, mostra que esta em plena forma posando apenas com um lençol para a revista Absolutmag. Alguns dias atrás (ultima foto à direita) Luciana já havia dado uma pequena amostra de suas curvas. A apresentadora tem uma opinião sobre ensaios nus. “Sempre faço cara sexy, mas quando a foto é nua, pode ficar vulgar. Aí, tento ficar séria”. Para os aficionados suas medidas são: 62-91-92cm.

Projeto Down

Edições Anteriores:  

  ;-) Xales e echarpes de algodão.

:-( Xales e echarpes tecido sintético.




Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 

 



© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br