“É uma desmoralização da autoridade pública.”

Gilmar Mendes falando sobre supostos vazamentos de informações da PF em suas operações.

Ano XV - 23 de março de 2017

 

Confusão
Na manhã de terça-feira, o blogueiro Eduardo Guimarães foi conduzido coercitivamente pela Polícia Federal de São Paulo, cumprindo ordem do juiz Sérgio Moro. Eduardo é responsável pelo Blog da Cidadania, há 12 anos, mesmo não tendo diploma de jornalista. O blogueiro foi prestar depoimento sobre o vazamento de informações sobre a condução do ex-presidente Lula, no ano passado. Guimarães é supostamente responsável de alertar Lula sobre a ação da PF. E ai começa a confusão: a PF acredita que com o alerta dado por Eduardo, o ex-presidente conseguiu destruir provas de seu envolvimento com as construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez. Se comprovada, Lula poderá ser preso a qualquer momento. Na ação, todos os aparelhos eletrônicos do blogueiro foram apreendidos.

Violação
O blogueiro Eduardo Guimarães e seu advogado Felipe Hideo acreditam que a condução coercitiva teve a finalidade de violar o sigilo da fonte, porque a Polícia Federal quer descobrir quem vazou a informação para Guimarães. Só existe um detalhe, sigilo da fonte é válido somente para profissionais de Jornalismo, conforme artigo 5º, XIV, da Constituição Federal.

Na berlinda
Algumas empresas envolvidas na operação Lava Jato que fecharam acordo de leniência estão irritadas com a decisão do TCU – Tribunal de Contas da União – de declarar inidôneas as integrantes do consórcio da construção e montagem da Usina Angra 3. Elas acreditam que esta ação pode inviabilizar novos acordos e prejudicar os já assinados e poderão gerar ainda multas milionárias.

Criticas
A operação Carne Fraca deu abertura para críticas de ações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Um dos mais aficionados da operação Lava Jato, o senador Álvaro Dias avaliou: “Facilitou o discurso. É fundamental que a PF venha agora com todas as informações”.

Reclamação
A operação Carne Fraca causou muito mais transtornos do que esperado, não só pela suspensão de alguns pedidos de exportação da carne bovina, mas pela maneira como foi tratada. Embaixadores de países como Chile, Japão e África do Sul pediram maiores explicações ao ministério da Agricultura e reclamaram que as informações que estavam disponíveis nos sites oficiais encontravam-se somente em português. Logo depois da reclamação, o ministério colocou uma versão em inglês.

Confissão
A ex-ministra da Agricultura Kátia Abreu (agora sem partido) confessou ontem que a nomeação de Daniel Gonçalves Filho, como superintendente de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Paraná se deu por pressão política sofrida, inclusive de seu antigo partido o PMDB. Ela ainda disse que os dois deputados que mais pressionaram foi o Osmar Serraglio, hoje ministro da Justiça e Sérgio de Souza. Daniel ficou no cargo somente sete meses.

Segurança reforçada
O ex-presidente Lula irá para Curitiba no dia 3 maio para prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro. Já existe uma movimentação para que tenha protestos na cidade neste dia que supostamente estariam sendo incentivado pelo PT e pelo próprio Lula. Diante de tudo isso, a Polícia Federal de lá está armando um super esquema de segurança para conter vandalismos. A PF estima que até 100 mil pessoas possam fazer parte do movimento, e estará pronta.

Custo da viagem
A viagem que o ex-presidente Lula fez juntamente com alguns aliados para Campina Grande, na Paraíba custou cerca de R$ 100 mil. Lula alugou um jatinho com capacidade para 16 pessoas, para levá-lo até a cidade. O jatinho era um Legacy 600 e que pertenceu ao ex-bilionário Eike Batista. Para os curiosos, se Lula tivesse viajado num voo normal poderia ter pago cerca de R$ 2.500 ida e volta em tarifa normal, se pegasse um promoção, pouco mais de R$ 1.200 mil.

Agora é com vocês
O presidente Michel Temer quer que a reforma da Previdência seja votada o quanto antes. E para isso resolveu recuar um pouco e deixar fora da reforma os servidores estaduais e municipais. Somente os trabalhadores do setor privado e os servidores federais entrarão na proposta. Temer atendeu a alguns pedidos de mudança, alguns partindo dos próprios governadores para que fosse votada ainda no primeiro semestre. Com esta decisão, o presidente passou a bola para que governos estaduais e municipais façam suas próprias reformas. A deliberação deixou governadores em pânico porque será difícil convencer os deputados estaduais a estudarem o assunto ainda este ano.

Novo partido
Grupo de deputados quer criar um novo partido para disputar as eleições de 2018. O partido se chamará Podemos. Como não existe tempo hábil para coletar assinaturas e criar a nova legenda, este grupo pretende mudar o nome do PTN, que atualmente tem 14 deputados e claro, admitir novos filiados. O movimento é inspirado no slogan Yes, We Can, que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, usou quando ele foi eleito.

Acusação
O ministro do STF – Supremo Tribunal Federal – Gilmar Mendes acusou a Polícia Federal e a Procuradoria-Geral da República do possível esquema de vazamento de informações nas operações Lava Jato e Carne Fraca. Para Mendes, a divulgação de dados que correm sob sigilo é uma forma de chantagem e desmoralização à autoridade pública. E fala que chegou a fazer uma proposta aos órgãos: “Cheguei a propor no final do ano passado, o descarte do material vazado, uma espécie de contaminação de provas colhidas licitamente e divulgadas ilicitamente e acho que nós deveríamos considerar esse aspecto”.

Sem trégua
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot esteve em um evento onde defendeu a operação Lava Jato dizendo que era necessário combater sem trégua qualquer tentativa de fraudar o processo eleitoral do Brasil. E falou também dos tipos de corrupção que, no seu modo de ver, existem no Brasil: “A Lava Jato completou neste mês de março três anos de profícuos trabalhos. Do que se revelou no curso das investigações é possível concluir que existem basicamente duas formas de corrupção no país: a econômica e a política. Elas não se excluem e em certa medida, tocam-se e interagem”.

Tem um propósito
Para o ministro do STF – Supremo Tribunal Federal – Gilmar Mendes o vazamento de informações tem sempre um propósito e no seu modo de ver, destrutivo. Foi mais direto no caso da operação Carne Fraca: “É claro que isso tem um propósito destrutivo, como acabam de fazer com o ministro da Justiça, ao dizer que ele fez um telefonema para uma autoridade envolvida nesses escândalos”.

Mesmo discurso
Outro ministro do STF – Supremo Tribunal Federal – Dias Toffoli adotou um discurso muito similar a de seu colega Gilmar Mendes. Para Toffoli é necessário evitar este tipo de informação que cause transtorno a todos e que no caso da operação Carne Fraca poderá afetar o setor econômico do país que está ainda muito fragilizado. E acredita que algumas informações podem causar pânico na população, como a que foi divulgada sobre carnes podres: “Se todos comêssemos carne podre não estaríamos em sessão, mas no hospital”.

Beneficiado
Parece que a operação Carne Fraca beneficiou alguns setores do Brasil. O da mídia e da publicidade. De sexta até segunda-feira só as empresas JBS e BRF apareceram 48 vezes nas redes de televisão, sem falar no rádio e esclarecimentos publicados em jornais de todo Brasil.

Alternativa
Parece que o PT encontrou outro nome, caso o ex-presidente Lula recue e não assuma a candidatura para a presidência do partido. Um nome que agrada grande parte dos petistas é do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, aprovado pelo próprio Lula. Lindbergh Farias poderá ser o concorrente de Padilha, ele só não se candidatará se Lula estiver na disputa.

Proibidos
Que tem mais de trinta anos deve lembrar a tradicional maneira que suas mães mediam suas temperaturas quando eram crianças: o velho termômetro de mercúrio. Pois bem: a Anvisa publicou no Diário Oficial a suspensão da venda deles a partir de 1º de janeiro de 2019, alegando que é uma ação ambiental referente a assinatura do Brasil na Convenção de Minamata de 2018, onde se comprometeu diminuir a emissão de mercúrio. Com isso só existirá os termômetros digitais a partir dessa data.

Mais dez
Depois do sucesso da privatização dos aeroportos de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS), o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, falou que o governo estuda privatizar mais dez aeroportos, entre eles os de grande movimentação, como Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Manaus (AM) e Curitiba (PR), que poderão ajudar na reestruturação da Infraero.

Tem que pagar
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso publicou um post em sua página do Facebook defendendo a operação Lava Jato, e dizendo que quem errou tem que pagar pelo crime. Mais ele disse que o voto em lista fechada só tem uma intenção: “O objetivo de evitar que a Lava Jato vá adiante”.

Nas ruas
Uma boa manifestação é aquela que é feita sem afetar ninguém. Este é o lema de alguns movimentos, principalmente na cidade de São Paulo, que procuram marcar manifestações aos domingos, para que os trabalhadores não sejam prejudicados. O movimento Vem pra Rua é um deles e no próximo domingo, dia 26 promoverá uma manifestação a favor da Lava Jato, da reforma política e contra o foro privilegiado. O evento contará com a presença de algumas celebridades como Regina Duarte do cantor Paulo Ricardo.

Troca de partido
A deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) filha do ex-deputado Roberto Jefferson, foi até Manhattan, nos Estados Unidos, onde está morando o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, para lhe fazer um convite. Cristiane convidou Paes para se filiar ao partido, já que há rumores de que o ex-prefeito pretendia deixar o PMDB a caminho do PSDB. Eduardo Paes, não respondeu ao convite e ficou de pensar, mas foi categórico ao dizer que não irá, de jeito nenhum, para o partido tucano. Caso Paes aceite o convite o PTB pretende lançá-lo como candidato ao governo do Rio. Outro político que está sendo constantemente sondado com convites regulares é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

No Brasil
A atriz Octavia Spencer está de passagem marcada para o Brasil. Ela chegará no final de semana para divulgar o Filme A Cabana em São Paulo e no Rio de Janeiro. A atriz aproveitará também sua viagem para descansar e passar alguns dias no Rio. Pretende conhecer o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor e tem até um almoço com a atriz Tais Araújo na agenda.



Entre quatro paredes

A cantora Alinne Rosa, 35 anos, posou para seção 2P da revista Playboy mostrando o seu lado sensual. Alinne falou que gostou de atuar como atriz na série O Brado Retumbante e se revelou-se tímida. “Pode não parecer, mas sou uma menina tímida, até que me enturme de verdade”. Sobre sua sensualidade ela se diz sexy em cima de um trio elétrico. E se revela poderosa: “Entre quatro paredes eu ouso também. É um lugar que me sinto bem poderosa”.

Projeto Down

Edições Anteriores:  

  ;-) Outono: roupa listrada.

:-( Outono: roupa estampada.




Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 

 



© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br